Consultoria na área de Diagnóstico por Imagem: o que a formação do biomédico pode colaborar para esse nicho profissional?

Um dos campos de atuação que vem ganhando força na área da saúde é a consultoria. Com formação em uma área específica e experiência profissional, o consultor colabora para o crescimento de empresas e para o desenvolvimento de profissionais.

“O consultor fornece as ferramentas necessárias para sanar os problemas de seus clientes e alcançar os resultados almejados. Faz-se necessário que o consultor tenha experiência na área em que oferece a consultoria, pois assim indicará aos seus clientes estratégias que sejam aplicáveis” afirmou Ana Paula Piconi, biomédica consultora da empresa Image Company® – consultoria e treinamento.

Para atuar na consultoria, o profissional precisa ser dinâmico e ter uma visão ampliada dos processos. O biomédico é um profissional promissor na área de consultoria, visto seu amplo campo de atuação somando mais de 30 habilitações.

“O Conselho Regional de Biomedicina (CRBM) possibilita que o profissional biomédico atue em diferentes áreas, dentre elas o Diagnóstico por Imagem que apresenta um momento de franca expansão devido aos avanços tecnológicos. A rotina de trabalho do biomédico no Diagnóstico por Imagem agrega conhecimento não apenas técnico-assistencial, mas também de gestão de processos, fluxo de trabalho, educação de profissionais e pacientes, trabalho em equipe e multisetorialidade. Essa vivência qualifica os profissionais que almejam a área de consultoria”.

Ana Paula esclarece que antes de iniciar na área de consultoria em Diagnóstico por Imagem, o biomédico precisar realizar um planejamento dos serviços oferecidos por sua empresa. “É importante que o consultor compreenda seu campo de atuação e suas limitações. É comum que o biomédico tenha experiência prática em mais de um método diagnóstico na área da imagenologia, essa é a tendência atual. O importante é que ele ofereça serviço de qualidade às áreas que estejam em seu know how e que o profissional biomédico tenha a habilitação pelo CRBM para atuar na área de escolha.”

Além da expertise profissional, o biomédico que ingressa na área de consultoria precisa acompanhar as tendências do mercado. “Os avanços tecnológicos do diagnóstico por Imagem são constantes, por isso o investimento no aprimoramento e atualização profissional devem ser frequentes” finalizou Ana Paula.